Transtorno Obsessivo Compulsivo

Transtorno Obsessivo Compulsivo

O Transtorno Obsessivo Compulsivo é um transtorno que atinge boa parte da população mundial. É caracterizado pela presença de obsessões e compulsões.

Obsessões são pensamentos, impulsos ou imagens recorrentes e persistentes que são vivenciados como intrusivos e indesejados. Compulsões são comportamentos repetitivos ou atos mentais em que um indivíduo se sente compelido a executar em resposta a uma obsessão ou de acordo com regras que devem ser aplicadas rigidamente.

Pessoas com Transtorno Obsessivo Compulsivo podem ter ambos os sintomas de obsessões e compulsões. Esses sintomas podem interferir em todos os aspectos da vida, como trabalho, escola e relacionamentos pessoais.

Os sintomas do TOC envolvem alterações do comportamento com rituais, compulsões, repetições e evitações dos pensamentos. Apresentam preocupações excessivas, dúvidas, pensamentos de conteúdo impróprio e obsessões. Suas emoções envolvem medo, desconforto, aflição, culpa e sentimentos depressivos.  Os portadores desse transtorno sofrem de medos como contrair doenças ou cometer alguma falha. Em virtude desses medos, evitam as situações que possam provocá-los com um comportamento de evitação. Essas evitações são, em grande parte, as responsáveis pelas limitações que o transtorno acarreta.

As obsessões são pensamentos repetidos com impulsos ou imagens mentais que causam muita ansiedade. Os sintomas mais comuns são medo de germes ou contaminação, lavando as mãos excessivamente, preocupar-se excessivamente com limpeza, revisar diversas vezes portas, janelas, gás ou o ferro de passar roupas antes de sair de casa ou dormir, pensamentos proibidos ou indesejados envolvendo sexo, religião e danos, pensamentos agressivos em relação aos outros ou a si próprio, ter coisas simétricas ou em uma ordem perfeita.

As compulsões são comportamentos repetitivos que uma pessoa com TOC sente o desejo de fazer em resposta a um pensamento obsessivo. As mais comuns incluem a limpeza excessiva e lavagem das mãos, ordenação e organização das coisas de uma maneira específica e precisa, verificar as coisas repetidamente, tais como verificar se a porta está bloqueada ou que o forno está desligado, contagem compulsiva, rituais ou hábitos para ficar atento.

As pessoas com TOC geralmente não podem controlar seus pensamentos ou comportamentos, mesmo quando esses pensamentos ou comportamentos são reconhecidos como excessivos. Essas pessoas gastam pelo menos 1 hora por dia nesses pensamentos ou comportamentos, não obtém prazer ao realizar os comportamentos ou rituais, mas podem sentir breve alívio da ansiedade que os pensamentos causam quando os realizam. Elas também experimentam problemas significativos em sua vida diária devido a esses pensamentos ou comportamentos. Alguns indivíduos com TOC também têm o distúrbio do tique. Os tiques motores são movimentos súbitos, breves e repetitivos, como piscar os olhos e outros movimentos dos olhos, encolhimento do ombro e empurrão da cabeça ou do ombro, os tiques vocais comuns incluem sons repetitivos de limpar a garganta, cheirar ou grunhir. Os sintomas podem ir e vir e aliviar ao longo do tempo, ou piorar. O Transtorno Obsessivo Compulsivo é tratado com medicação e psicoterapia.

Cristiane de Lourdes Jacóia Silvestrini é Psicóloga Clínica de abordagem psicanalítica e Psicanalista. CRP: 06/118299 (psicologa@cristianesilvestrini.com.br)

Agende seu horário

Oferecemos abordagens eficazes na recuperação dos pacientes.
Escolha abaixo a opção que melhor lhe atende e faça um pré-agendamento, agora!